Título de especialista

A Resolução CFP 13/07 institui a Consolidação das Resoluções relativas ao Título Profissional de Especialista em Psicologia e dispõe sobre normas e procedimentos para seu registro.

As Especialidades

É importante esclarecer que as especialidades regulamentadas são profissionais, isto é, são especialidades no campo do exercício profissional do psicólogo. Claro que há um número maior de especialidades, mas foram regulamentadas algumas que se configuraram como mais definidas e consensuais.

Novas especialidades poderão ser regulamentadas, pelo CFP, sempre que sua produção teórica, técnica e institucionalização social assim as justifiquem.

Definições



I - Psicóloga/o especialista em Psicologia Escolar/Educacional
II - Psicóloga/o especialista em Psicologia Organizacional e do Trabalho
III - Psicóloga/o especialista em Psicologia de Trânsito
IV - Psicóloga/o especialista em Psicologia Jurídica
IX - Psicóloga/o especialista em Psicomotricidade
V - Psicóloga/o especialista em Psicologia do Esporte
VI - Psicóloga/o especialista em Psicologia Clínica
VII - Psicóloga/o especialista em Psicologia Hospitalar
VIII - Psicóloga/o especialista em Psicopedagogia
X - Psicóloga/o especialista em Psicologia Social
XI - Psicóloga/o especialista em Neuropsicologia
XII – Psicóloga/o especialista em Saúde (Resolução CFP 003/2016)


A Concessão

O registro profissional de especialista é fornecido pelo Conselho Regional no qual a/o psicóloga/o tem sua inscrição principal. Cabe à plenária do CRP SP a aprovação da concessão do título profissional de especialista.

Documentação e Procedimentos
Na hipótese de o CFP regulamentar nova especialidade, será facultada a obtenção do título por experiência comprovada à/ao psicólogo que se encontra inscrita/o no Conselho Regional de Psicologia por, pelo menos, 5 (cinco) anos, contínuos ou intermitentes, em pleno gozo de seus direitos, o qual deverá apresentar os documentos identificados na Resolução CFP 013/07, comprovando a experiência profissional na especialidade por igual período.

Para obtenção do título de especialista as/os psicólogas/os devem estar inscritas/os há pelo menos dois anos no Conselho Regional de Psicologia e atender a um dos seguintes requisitos, conforme determina a Resolução CFP 013/07:



Destacamos que o título de especialista em psicologia é uma referência sobre a qualificação da/o psicóloga/o, não se constituindo condição obrigatória para o exercício profissional.

Lembrete
- Poderão ser registrados até dois títulos profissionais de especialidade;
- É possível o cancelamento do título, ou substituição por outro, a qualquer tempo;
- Não há obrigatoriedade de solicitar o título de especialista. É um direito que a/o psicóloga/o tem.

Acesse o site do Conselho Federal de Psicologia e verifique os Cursos de Especialização Credenciados





Institucional

Conheça o CRP SP
Conselheiros
Subsedes
Comissões
Licitações
Transparência
Nova sede
Atendimento

Anuidades
Atualizar cadastro
Cadastro nacional
Concursos
Declaração Profissional
Validação de Declaração
Inscrição de empresa
Inscrição pessoa física
Profissionais inscritos
Orientação

Código de Ética
Manuais
Representações
Título de especialista
Legislações
Tabela de honorários
Testes psicológicos

Publicações

Boletins CRP SP
Cadernos temáticos
Campanhas e ações
Cartilhas
CREPOP
Diversos
Exposições virtuais
Jornal Psi
Livros
Memória da Psicologia
Notícias
Páginas temáticas
Quadrinhos
TV Diversidade
Vídeos
Agenda

Agenda CRP SP
Outros eventos
Indique um evento
Transmissões online
Planejamento estratégico
Conselho Regional de Psicologia 6ª Região | R. Arruda Alvim, 89 | 05410 020 | São Paulo/SP | Tel. 11 3061 9494